quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

CAPACETE

Está difícil de atualizar aqui. Fiz um monte de modelagens mas estou na espera do lançamento para depois poder postar por aqui. Junte a isso eu estar fazendo 3 cursos, 1 pós graduação em época de TCC e estar dando aula em 2 lugares...

Como alguns cursos estão em fase final e as aulas que dou acabaram, era pra ter mais atualizações por aqui. Era. Como no total do processo do brinquedo o tempo varia de 3 meses a 1 ano, estou impedido de postar fotos atuais. Sendo assim, vou continuar postando coisas mais antigas.

Vou contar a história dessa pstagem.


Alguns anos atrás eu inventei de experimentar fazer grafite em capacete, mas apenas por diversão, pra experimentar e pra poder falar que um dia já fiz hehe, mas hoje juro que até bate um arrependimento. O problema é que fiz para um amigo meu que entrega pizza, e nesse meio a notícia corre mais que Usain Bolt.

No início era só diversão, achava engraçado ver alguns amigos meus passando de moto com desenho meu, mas depois o lazer acabou virando o tormento. Primeiro que, de acordo com os motoqueiros, eles ganham pouco e o dinheiro que compensa mesmo é a gorjeta. Segundo: como no meu bairro e região eu até que conheço bastante gente, acabavam pedindo desconto na amizade e pra completar eu já não tinha mais sossego em lugar algum.

A partir do momento que estava de carro, andando a pé ou em balada e pessoas que eu nem conhecia vinham falar a respeito de capacete, brochei na hora. O que era um hobby acabou tornando um tormento e me fez perder toda a vontade de brincar com capacete e aerógrafo...chegaram ao ponto de falar pra eu fazer de fim de semana, já que eu falava que não tinha tempo. E o pior é que até hoje me pedem.

Uma dica aos amigos de artistas: artista não gosta que peçam pra fazer desenho, pintura, modelagem ou outras coisas na amizade...e se falam que não ligam pode ter certeza que é mentira. Quem é do meio sabe...


Irmãos Metralha

Calvin & Haroldo
(já avariado)


6 comentários:

  1. ça va Wesley...

    como estao as coisas ai??

    eu tambem ainda to arranhando no frances.. por aqui as coisas vao bem.. a Julia manda um bj.

    curto o seu trampo pra caramba, os 3D tambem estao ficando bem legais.

    abração

    ResponderExcluir
  2. mrmmecanico.blogspot.com14 de dezembro de 2009 02:02

    olá amigo, também ja me aventurei em fazer algumas pinturas em capacetes e peças de motores, sei o quanto realmente incomoda ser abordado em momentos inoportunos porém existe o outro lado, se somos procurados é porque fazemos sucesso. abraço e parabens pelas obras!

    ResponderExcluir
  3. sim, sem dúvidas...o problema é achar que a gente cobra caro e não precisa de tempo para descanso...tirando isso o resto é aceitável.

    ResponderExcluir
  4. Wesley sei bem como é isso..
    afinal o que mais escuto.. 'pelo menos seu trabalho é prazeroso..'
    ... ai vem minha resposta ...é bom quando vc não tem que trabalhar .. mesmo estando com dor de cabeça, de saco cheio, colica, mal estar, SONO, e sem critividade....e principalmente ainda pelo fato que já trabalho 8 horas por dia com administração (tirando a viagem para ir ao trabalho.. )

    mas tirando o lado ruim.. o trabalho que vc fez ficou realmente muito bom.. amei o do calvin...
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Legal seu blog jow! ...

    Vou te seguir aqui, me siga também ^.^

    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. É a mais pura verdade...
    Odeio q me peçam para fazer desenhinho, pinturinha, ou o cacete... Quase de graça...
    Descontinho na amizade... O pior de tudo isso, é q não consigo falar "NÃO" de uma forma delicada... Ou é NÃO categórico ou as vezes faço...
    E aproveitando, acho seu trabalho muito legal ,um dia, espero ter aulas com vc... A questão é o tempo...
    Vc só ´ministra aula na Quanta???

    Abração

    ResponderExcluir